• Erick Resende

Justiça Anula Empréstimo consignado realizado a idoso analfabeto.

Atualizado: Abr 6

Tribunal de justiça de São Paulo anulou um contrato de empréstimo consignado realizado entre banco e Idoso analfabeto.


Por unanimidade, os Desembargadores condenaram a instituição financeira a indenizar o idoso e devolver o valor de R$430,00, em dobro, que já havia sido descontado.

Os Desembargadores entenderam que houve má-fé e abuso de vulnerável.

O banco vendeu o empréstimo consignado na folha de pagamento da aposentadoria do idoso, através de uma empresa terceirizada, que também foi condenada ao pagamento da indenização.

Para realizar a venda do empréstimo consignado, a empresa terceirizada enviou um funcionário até a residência do idoso, para convencê-lo a firmar o contrato de empréstimo no valor de R$ 15 mil, a serem pagos através de 72 parcelas no valor de R$430 cada uma, que totalizaria o valor de R$30mil. Contudo, no o idoso informou o vendedor que não tinha interesse em contratar o empréstimo. Mas de forma extremamente ardilosa, o vendedor convenceu o idoso, que é analfabeto, a colocar sua digital em um contrato em branco.

Ao tomar conhecimento do havia acontecido, o idoso tentou realizar o cancelamento do contrato, mas não obteve êxito.

O Desembargador, relator do caso, explicou que o Código de defesa do consumidor prevê que, se for verificada a hipossuficiência do consumidor, caberá ao fornecedor ter todas as informações e documentos referentes à prestação do serviço. Esse dever não pode ser repassado ao consumidor, sob pena de configurar prática abusiva.

Contudo, a instituição financeira, ao ter oportunidade de especificar suas provas, se manifestou no sentido de que não tinha provas a produzir.

Com isso, o tribunal declarou a nulidade da negociação e determinou que os valores descontados devem ser restituídos em dobro, tendo em vista a má-fé decorrente de abuso de vulnerável.

Se você se encaixa em alguma das situações acima, ou em qualquer outra ligada ao assunto, e está precisando de auxílio, é necessário que procure um advogado especializado no assunto.

Para maiores informações entre em contato.

✅ Fale com um Advogado online, clique no link azul

📲 https://wa.me/message/Z5L23BAMI2QDG1

ou acesse

🌐 http://www.resendeoliveira.com.br

🔁 Siga nossas redes sociais para ficar por dentro dos seus direitos.

💗 https://www.instagram.com/resendeoliveiradvogados/ no Instagram

👍 https://www.facebook.com/resendeoliveiraadvogados no Facebook


🎯 Envie para aquela pessoa que precisa saber disso!


📞 (11) 2738-1705


📧 contato@resendeoliveira.com.br

Rua Serra de Bragança, 1055 – Tatuapé – São Paulo/SP – CEP.: 03318-000

21 visualizações0 comentário